.
.

O QUE MAIS LHE INTERESSA SOBRE ORIXÁS:

SOBRE O SEU ORIXÁ DE CABEÇA:

Páginas Visitadas

ORIXÁS, UMBANDA E CANDOMBLÉ

POR AMOR AOS ORIXÁS - ANO III

Seguidores

Seguir por Email

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

EXÚ E SEUS FILHOS

OLORUN  gerou ORIXALÁ e EXU, o procriado.
Na qualidade de procriado, EXU não pode ser isolado nem classificado em qualcher categoria.
Minha homenagem ao meu BARA !
Nestes escritos sobre os ORIXÁS, EXU com seu perfil psicológico e o tipo determinante dos seus filhos, abrirão os caminhos sendo o primeiro a ser evocado.

EXU é o pré-existente à ordem do mundo.
Como a própria vida, ele se transforma sem parar, mas não uniformemente, porque EXU muda o jogo a seu bel prazer – é um “tríckster”.
É astucioso, vaidoso, inteligente e ambíguo- a tal ponto que os primeiros missionários assustados com pararam-no ao diabo, dele fazendo símbolo de tudo que é maldade.
Mas EXU, por ser o próprio dinamismo, é quem faz, com seus paradoxos, as coisas manterem-se vivas.
É ele que propicia estar o AXE sempre circulando e, ao ser tratado com consideração (oferendas), reage favoravelmente, mostrando-se serviçal e prestativo.

EXU revela-se o mais humano dos ORIXÁS, nem completamente mau, nem completamente bom.

Por estar relacionado com os ancestrais, ele é o guardião dos templos, das casas, das cidades e das pessoas.

Cada pessoa tem o seu BARA – até cada ORIXÁ tem seu EXU.
Ele está em tudo e com tu do, pois à o intermediário eterno entre os homens e os deuses.

É por isso que em todas as cerimónias do CANDOMBLÉ, sua oferenda é a primeira e chama-se PADÉ – que significa re-u nião.
No PADÉ, EXU é chamado, saudado, cumprimentado e enviado ao alem, com dupla intenção: convocar os outros ORIXÁS para a festa e ao mesmo tempo afasta-lo, para que não perturbe a boa ordem da cerimônia, com seus golpes de “tríckster”.

Como transportador das oferendas, ele é OXETUÁ, filho de OXUM com os dezesseis ODU do oráculo (Jogo de buzios) (CAURI) Este aspecto benfazejo de EXU outorga-lhe o poder de restituir a fecundidade ao mundo.
Como senhor do poder da transformaço, ele é EXU ELEGBARA, que foi cortado em pedaços e em seguida se regenerou e, ao fazê-lo, reuniu simbolicamente o Universo inteiro.

EXU mantém o equilíbrio das trocas, provoca o conflito para promover a síntese.

Tudo que se une, multiplica-se, separa-se, transforma-se – tudo é EXU, personifícação do principio da transformação.
Seu dia é segunda-feira.
Ele está associado ao nascente e ao futuro e sua cor é o azul-escuro arroxeado, cor do místério da procríação.
Seu animal e o cão; o cacto e o mandacaru são suas plantas.
Rege o sexo e usa um chapéu que se assemelha ao falo: não há sexualidade sem EXU.
OKOTÓ é o caracol, símbolo de EXU, e representa a espiral da evolução.
Quando se manifesta, é saudado por um de seus nomes (LAROYE).

Veste-se de branco, azul e vermelho, leva na mão um tridente ou um ferro de sete pontas, um símbolo fálico ou ainda uma lança.

OS FILHOS DE EXÚ

O tipo psicológico do filho de EXU tem as seguintes características:

É robusto, ágil, dinâmico, incansavel, transborda vitalidade.
Ë grande amigo dos prazeres da vida, guloso, estä sempre com fome e bebe bastante.
E por isso que ninguém do CANDOMBLË deve beber nada sem antes jogar no chão da porta da rua, bebida para EXU.
Alegre, brincalhão, gosta de pregar peças, esconder objetos, contarmentiras, ensinar o caminho errado.
Adora chocar, dizer palavroes.
E desordeiro e adora tumultuar festas e reuniões.
Quando lhe convem, pode ser extremamente trabalhador, eficiente, incansável e obstinado – tendo em vista sempre o que com isso irá ganhar.
Mas e totalmente imprevisível, podendo deixar o trabalho em que se empenha apenas por capricho.
Não é, entretanto, Insensível.
É prestativo e não recusa sua ajuda aos amigos.
É chamado sempre para resolver problemas financeiros, brigas, encrencas amorosas, as quais com habilidade e bom humor consegue dar uma solução feliz.

Mas a principal característica dos filhos de EXU e a exarcebação da sexualidade; suas vidas são regidas por intensa atividade sexual, e fidelidade sexual e algo impossível de obter-se dos filhos de EXU.

Embora muitas pessoas tragam em seus oris a energia do Orixá Exú, dificilmente é sabido do médium que ele é filho do Grande Senhor das Encruzilhadas.
Na grande maioria das vezes os (as) Zeladores (as), não dão como Orixá de cabeça o Senhor Exú, geralmente é dada na cabeça dos filhos deste Orixá o Eledá (primeiro santo) de Ogum.
Troca quase sempre aceita, já que Exú e Ogum são "irmãos".

São pessoas intempestivas, de certa forma nervosas, gostam de festas e brincadeiras.
Assim como seu Orixá, não aceitam certos desrespeitos e quando enfurecidos, partem para uma vingança sem piedade.
São amantes fulgorosos, e carregam em si a responsabilidade de servir as pessoas, nunca se importando em serem pagos por isso.

Seus filhos são sensuais, dominadores e inteligentes.
Gostam da vida cercada de barulho, muitas pessoas e romances de todo tipo. Adoram festas e não se prendem a ninguém,
são muito impulsivos.
Mas se amam alguém, dão sua vida se for preciso, sem pensar em nada. Gostam de ajudar e trabalhar, mas podem se tornar vingativos e extremamente crueis.

CARACTERÍSTICAS DOS FILHOS DE EXU

São muitas as pessoas que têm Exu, como fonte energética principal, mas são poucas as que o sabem.
É comum um certo temor do pai-de-santo em comunicar ao iniciado que é um filho de Exu (englobado na Linha das Almas), após a confirmação do jogo de búzios.
Acontece que os mitos ocidentais e orientais de perigo e desgraça que andam junto de Exu, fazem com que a pessoa que está sob a égide desse Orixá seja considerada uma perseguida da sorte, marcada pelo destino, e são comumente apontados como sofredores, como se ligados ao mal ou ao padecimento.

O arquétipo psicológico associado aos filhos de um Orixá
é a síntese das características comportamentais que fazem parte de cada Orixá e que são atribuídas aos seus filhos.
Não deve ser encarado como camisa de força que limite os seres humanos, mas guias de comportamento.
Essas guias de comportamento ou “matrizes”, são os Orixás.

No caso dos filhos de Exu, suas características principais seriam  ambivalência e o relativismo,
a falta de posturas morais rígidas e inabaláveis, preferindo certo apego à maleabilidade e ao pragmatismo que faz cada situação ser encarada como totalmente independente de outra, cada uma, portanto, merecendo uma saída diferente.

http://boiadeirorei.wordpress.com/2010/12/27/o-arquetipo-de-exu/
http://povodosanto.wordpress.com/cultos-afrobrasileiros/candomble-e-os-tipos-psicologicos/

POSTAGENS RECENTES

PESQUISAR ESTE BLOG

Carregando...

ARTIGOS SUGERIDOS

PÁGINA INICIAL

PÁGINA INICIAL
click na imagem

ORIXÁ EXÚ

ORIXÁ EXÚ

ORIXÁ OGUM

ORIXÁ OGUM

ORIXÁ IANSÃ

ORIXÁ IANSÃ

ORIXÁ XANGÔ

ORIXÁ XANGÔ

ORIXÁ OXUM

ORIXÁ OXUM

ORIXÁ OXÓSSI

ORIXÁ OXÓSSI

ORIXÁ IEMANJÁ

ORIXÁ IEMANJÁ

ORIXÁ OMOLÚ

ORIXÁ OMOLÚ

ORIXÁ NANÃ BURUQUÊ

ORIXÁ NANÃ BURUQUÊ