.
.

O QUE MAIS LHE INTERESSA SOBRE ORIXÁS:

SOBRE O SEU ORIXÁ DE CABEÇA:

Páginas Visitadas

ORIXÁS, UMBANDA E CANDOMBLÉ

POR AMOR AOS ORIXÁS - ANO III

Seguidores

Seguir por Email

domingo, 20 de março de 2011

UM ALERTA Á AUTO INICIAÇÃO

Por Sacerdote Kheramuniah

Existem diversos livros, que não ousaria citar títulos que prometem a auto-iniciação aos sacerdotes esotéricos. Livros de rituais antigos, contemporâneos, fictícios e até mesmo alguns são condizentes a verdade e outros que respeitam a tradição e ao que de mais sacro existe no esoterismo.

E pairam as perguntas: Por que são “condenáveis”? São mentirosos? O que tem de errado em se formar sacerdotes, magos ou esotéricos nas paginas de um livro?

Meus amigos lembrem-se da Lei do Retorno. Onde se diz: “que se fizeres algo que atente aos seus próximos será acometido pelo menos em intensidade maior do que desejaste”. Se você compra um destes livros, executa erroneamente seus feitiços, sem saber com que tipo de forças está mexendo e ainda por cima deseja a desgraça a outrem, não é difícil de se mensurar o quanto serás atingido, não?

Condenáveis? Sim, podem condenar o operante às trevas, ao contato com seres inteligentes, mas desprovidos de luz ou evolução. Condenando-os ao atraso, estagnação ou ao comprometimento espiritual, aos carmas negativos etc.

São Mentirosos? Sim, quando desrespeitam as forças do universo, quando para dar uma suposta “concordância” “as suas frases ou para ilustrar uma história, usam de metáforas, de verdadeiras parábolas”.

Errado em se auto-iniciar? Apelemos ao dicionário, auto, do grego ‘autós’, quer dizer ‘por si só’, ‘de si mesmo’. Iniciação, do latim ‘initiatione’, ‘ato ou efeito de iniciar (se)’, ‘introdução ao conhecimento de coisas misteriosas ou desconhecidas’, ou seja, juntando as duas definições: Ato de iniciar-se por si só, por si mesmo ao conhecimento de coisas misteriosas ou desconhecidas. Ai eu pergunto: Como eu posso me iniciar numa coisa que eu não conheço? Assim como um médico que jamais se auto-iniciaria na medicina, devem ser os esotéricos, pois as conseqüências podem ser igualmente desastrosas.

Um médico auto-iniciado, auto-graduado, pode prescrever um tratamento errôneo e agravar o estado físico do seu paciente, ao passo que um esotérico, um mago, um sacerdote auto-iniciado, auto-instruido, pode levar o seu paciente (cliente, freguês) ao agravamento de seu estado físico ou espiritual.

Toda forma de esoterismo requer cuidados, responsabilidade e precisão. Cuidados nas maneiras de como executar, responsabilidade e uma imensa precisão na execução, pois um erro pode acarretar um estrago que seria necessário o dobro do trabalho para conserta-lo.

Meus amigos, os livros de auto-iniciação, assim como os aparelhos de ginástica passiva, aqueles vendidos pela televisão que basta dez minutos diários e você terá o corpo de um assíduo freqüentador de academias, têm o mesmo efeito, ou seja, promessas de êxito e certeza de dores futuras.

Infelizmente por mais sério que seja o escritor, por mais amplo que seja o universo literário nesse sentido, não precisam o que pode acontecer e o que não pode acontecer durante uma conjuração ou uma execução mágica. Lembrem-se que mesmo o menino-bruxo “Harry Potter” que tinha tudo pra ser o maior bruxo na história da escritora J. K. Rowling, precisou de um Mestre para aprender a lidar com a magia.

Baseado na minha experiência como sacerdote, magista, esotérico, iniciado e consagrado por um Mestre, demonstro aqui minha preocupação quanto aos livros que prometem o poder. Se quisermos aprender algo, entrar num universo que não conhecemos temos que procurar alguém que nos norteie, que nos ensine, que esteja ao nosso lado pra avaliar nossos acertos e corrigir nossos erros e ensinar a corrigi-los também.

Espero que aqueles que lerem esse artigo, aqueles que se afinam com o esoterismo, despertem para a necessidade de conquistar sua espada na magia, lutar e mostrar ser digno a ela e não “usar” a espada dos outros, cada um tem a sua espada e elas só obedecem aos seus verdadeiros donos. Usar a magia requer cuidado e orientação.

Àqueles que optaram pela auto-iniciação um apelo, procurem logo um Mestre, alguém para ensiná-los, àqueles que têm um Mestre e assim como eu lutaram para conquistar sua espada mágica, parabéns, muita luz e força para continuarmos merecedores dela.

Dedico esse artigo aos meus Mestres que me conduziram e ainda conduzem à luz;
A Minha Mãe-Sacerdotisa-Mor de nossa Casa, que é minha amiga e mestra sempre;
Ao meu Amado Mentor que sempre teve uma paciência enorme e nunca deixou que eu desacreditasse de mim mesmo;
E ao meu eterno e amado Nenê Arqueirinho, minha flecha de luz divina.

http://www.uniblog.com.br/mavulegy/350531/um-alerta-a-auto-iniciacao.html

POSTAGENS RECENTES

PESQUISAR ESTE BLOG

Carregando...

ARTIGOS SUGERIDOS

PÁGINA INICIAL

PÁGINA INICIAL
click na imagem

ORIXÁ EXÚ

ORIXÁ EXÚ

ORIXÁ OGUM

ORIXÁ OGUM

ORIXÁ IANSÃ

ORIXÁ IANSÃ

ORIXÁ XANGÔ

ORIXÁ XANGÔ

ORIXÁ OXUM

ORIXÁ OXUM

ORIXÁ OXÓSSI

ORIXÁ OXÓSSI

ORIXÁ IEMANJÁ

ORIXÁ IEMANJÁ

ORIXÁ OMOLÚ

ORIXÁ OMOLÚ

ORIXÁ NANÃ BURUQUÊ

ORIXÁ NANÃ BURUQUÊ