.
.

O QUE MAIS LHE INTERESSA SOBRE ORIXÁS:

SOBRE O SEU ORIXÁ DE CABEÇA:

Páginas Visitadas

ORIXÁS, UMBANDA E CANDOMBLÉ

POR AMOR AOS ORIXÁS - ANO III

Seguidores

Seguir por Email

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Pontos Cantados Omolu

As Cantigas de Obaluayê mostram suas idiossincrasias, suas peculiaridades. Há versos que dizem o quanto o orixá é velho:

Era um velho muito velho Morava numa casa de palha

Mas outros versos nos mostram a sua especificidade, a sua ligação com as doenças, com as mazelas da humanidade:

Cambono, azuela engoma! Quero vê couro zoá! Omulu vai pro sertão, bexiga vai espalhá!


Quem vê o velho
no caminho toma a benção
Quem vê o velho
no caminho toma a benção
Deus lhe abençoe
Deus lhe abençoe
Deus lhe abençoe
atoto Obaluaê
Deus lhe abençoe
Deus lhe abençoe
Deus lhe abençoe
atoto Obaluaê
___________________________

Meu pai Oxalá é o Rei
Venha nos valer
Meu pai Oxalá é o Rei
Venha nos valer
É o velho Omulu
Atotô Obaluaê
É o velho Omulu
Atotô Obaluaê
Atotô Obaluaê Atoto babá
Atotô Obaluaê ele é um Orixa
Atotô Obaluaê Atoto babá
Atotô Obaluaê ele é um Orixa
________________________

Cura as minhas chagas
Meu Senhor das Almas
Cura as minhas chagas
Pelo Amor de Deus
Cura as minhas chagas
Seu Omulu
Que eu também sou filho seu
__________________________


Ele é um velho
Que mora muito longe
Muito longe
Na sua casa de palha (bis>
Ele chora mironga
Ele chora mironga
Ele chora mironga
No mironguê (bis)

_______________
Eu vim ao mundo
para sofrer
O meu destino
é sobreviver
Oi abre as portas
para receber
Nanã Borouquê
e Abaluaê

_____________________________________
Se Ele corre os quatro cantos,
Quatro cantos sem parar,
Se Ele corre os quatro cantos
É pra seus filhos ajudar! (3 vezes)

Omolu aê atotõ, Ele é Orixá!
Omolu aê atotô, Ele é Orixá! (bis)

Ae, aê seu cafunã!
Aê, aê seu cafunâ!
Omolu que vem na gira,
Aé. aé seu cafunã!

Quem é dono do baú,
É o mestre Omolu!
Quem é dono do baú,
É o mestre Omolu!

Lá no cemitério,
Numa catacumba,
Eu vi um anjo,
Que caminhava de corcunda!
_______________________________

o velho omulu
vem chegando devagar
apoiado no seu cajado
vem na banda saravá
omulu dê
senhor da terra
atotô baluaê!
__________________

ó senhor das almas
não seja para mim severo
ele é omulu
o rei do cemitério!
______________________

lá vem omulu
ele vem lá da calunga
ele corre gira, ele corre
sem parar, se ele corre
os quatro cantos do mundo
saravá omulu, vem atotô
no portão do cemitério
seu omulu chorou
seu omulu chorou!
_____________________

com palha africana
lá vem seu omulu
ele é orixá, ele é, sim senhor
ele é o orixá dono da calunga
sua estrela quem acendeu
foi ogum megê!
_________________

saluba nanã buruquê
seu filho pede agô
louvado seja abaluaê
velho omulu atotô
__________________

doença de pele
ele veio curar
ele omulu
nosso grande orixá
coberto de palha
ele vem me abençoar.
________________

se ele corre os quatro cantos
quatro cantos sem parar
se ele corre os quatro cantos
é pra seus filhos ajudar
omulu aê atotô, ele é orixá! (4x)
_________________

ó senhor das almas
não seja para mim severo
ele é omulu
o rei do cemitério!
________________

Ele é um grande Orixá
Ele é o chefe da Calunga
Ele é seu Atotô
Ô Obaluaê
______________
Seu Omulu ê, seu Omulu ê
Omulu é Orixá
Saravá seu Omulu
Omulu ê
Saravá seu Omulu
Omulu é Orixá
________________
Obaluaê
Olha a dança do Omulu
É da baba Obaluaê
Obaluaê
Olha a dança do Exú
É da baba Obaluaê

POSTAGENS RECENTES

PESQUISAR ESTE BLOG

Carregando...

ARTIGOS SUGERIDOS

PÁGINA INICIAL

PÁGINA INICIAL
click na imagem

ORIXÁ EXÚ

ORIXÁ EXÚ

ORIXÁ OGUM

ORIXÁ OGUM

ORIXÁ IANSÃ

ORIXÁ IANSÃ

ORIXÁ XANGÔ

ORIXÁ XANGÔ

ORIXÁ OXUM

ORIXÁ OXUM

ORIXÁ OXÓSSI

ORIXÁ OXÓSSI

ORIXÁ IEMANJÁ

ORIXÁ IEMANJÁ

ORIXÁ OMOLÚ

ORIXÁ OMOLÚ

ORIXÁ NANÃ BURUQUÊ

ORIXÁ NANÃ BURUQUÊ